António Joaquim Brito Figueiroa Jardim Costa

Docente do Ensino Superior

 

BIO

Joaquim Costa nasceu no Funchal em 1960. Licenciou-se em Sociologia pela Universidade de Évora, em 1989, e doutorou-se, também em Sociologia, pela Universidade do Minho em 2005. É docente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho desde 1991.
Actualmente é investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS). Tem publicados diversos estudos, sobretudo na área de Sociologia da Religião. Ultimamente, tem incidido nos cruzamentos entre economia e religião.
 

CV

Entre outros, publicou: 2006, Sociologia dos Novos Movimentos Eclesiais — focolares, carismáticos e neocatecumenais em Braga, Porto, Afrontamento; 2014, O Que é uma Universidade Católica? Estudo Sociológico Sobre o Ensino de Economia e Gestão na Universidade Católica Portuguesa, Braga, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, ISBN 978-989-8600-24-0; 2017, “Religião e economia como culturas universalistas”, Revista Lusófona de Estudos Culturais, vol. 3. no 2, pp. 409-430 (versão em inglês: “Religion and economy as universalist cultures”, loc. cit., 431-453); 2017, (Co-autoria com Rita Ribeiro), “East Timor and Portugal: the ending of empire in the media”, in Garcia, J. L.; Kaul, C.; Subtil, F. e Santos, A. (ed.), Media and Portuguese Empire, Palgrave Macmillan, pp. 291-307, ISBN: 978-3-319-61791-6. DOI: 10.1007/978-3-319-61792-3.

powered by eventQualia